domingo, 30 de setembro de 2012

VIOLAÇÃO DE DIREITOS



Nosso cordial abraço à todos...
Andamos lendo alguns comentários nos facebooks e blogs e observamos que a coisa está muito feia em nossa querida Orobó. Pessoas como: Professores, Diretores, funcionários públicos, de cargos de confiança entre outros, se passaram a ofender e maltratar outras pessoas por  calsa da política, que exemplos vocês estão dando? Certo que além das nossas profissões somos seres humanos, que precisamos desabafar, gritar, colocar para fora nossas mágoas e angústias, mas fazer o que vocês fazem não é dar exemplo. Existe a democracia para cada um expor o que quer, mas sem falar mal, denegrir, agredir. Acredito que hoje a população de Orobó é inteligente e sabe o que é melhor. Lembrem-se, não estamos mais na era da ditadura, bem que vocês queriam implantar a ditadura em Orobó... Tentaram de tudo  para ter só uma candidata... Somos livres de pensamento e expressão, e é muito feio o exemplo que passamos para aqueles que nos seguem. Somos admiradores de comentários sensatos e coerentes. E vale nossa reflexão: É esse o Orobó que queremos, com pessoas nos agredindo, nos ameaçando, provocando e  ainda tentando nos comprar como se fôssemos mercadorias? respeitem nossa liberdade de pensamento e expressão. Pessoas nos agredindo e nos chamando de tudo oque não presta, não é coisa que Deus aprove...  Isso polulação Oroboense É VIOLAÇÃO DE DIREITOS, e é crime... Somos livres, nosso voto é livre...  São essas mesmas pessoas que nos orientam, nos ensinam, nos atendem, isso não é exemplo a ser passado pra ninguém... Isso é viver de ATRASO. Respeitar os outros e os mais velhos principalmente é respeitar a si próprio. O voto é secreto e o povo sabe o que é melhor. Por isso digo , O VOTO DA MAIORIA do povo oroboense SERÁ 55... PORQUE ELES ACREDITAM NUM OROBÓ MELHOR...  Parabéns CHAPARRAL, por sua caminhada nos QUATRO cantos deste município...  essa caminhada  de Chaparral sim, é digna de respeito, seu esforço está sendo o maior exemplo a ser seguido!

O povo quer, o povo muda.

COISAS DA POLÍTICA

É bonito de se ver o movimento do 40...
E mais bonito é ver o movimento da família da candidata... (ironia)
Todos nas ruas, com camisas e bandeiras... (eufóricos) denunciando visivelmente a sede de não querer perder a oportunidade... Pessoas que em tempos comuns, passam com seus carrões de vidros fechados, que sequer dão um “ar de riso” à maioria da população, hoje, se disponibilizam a sair, em pleno sol escaldante... Carregando uma bolsinha e disposta a abraçar qualquer um.
Ah, alguém ai lembra qual foi à última vez que viram o Nosso Prefeito Manoel João caminhando pelas ruas da nossa cidade?
Pois é, Ontem ele caminhou... LINDO! Parabéns Prefeito... Antes tarde do que nunca... Você ganhou alguns segundinhos de saúde e nada mais que isso... O POVO não é BESTA não! (coloquem isso em vossas cabecinhas)
E o vice-prefeito? Com sua esposa, a então, desconhecida (quem muita se ausenta, causa esquecimento), Dra. Gilda. Pasmem, meus caros! Ela estava andando pela nossa saúde, aparentemente cheia de saúde, jogando sorrisos e entusiasmo... (logo ela que só vive doente... em tratamentos... que só pode está em Orobó poucos dias na semana).
Conselho:
Secretária, se a senhora sempre fizesse isso, talvez sua saúde estivesse em bom estado... SOL é bom para fortificar os ossos e o elo entre as pessoas. # fica a dica!
Tiveram 8 anos, pra abraçar, pra reconhecer cada Oroboense... Pra não precisar de está sofrendo essa negação da população...
Ah, feirantes, Quem lembra em qual década o prefeito e o vice-prefeito se dispuseram a caminhar na feira e estender uma mão pra algum de vocês?
Passei esse tempo todo querendo um BOM MOTIVO pra votar na candidata do PSB... E cada vez que eu vejo SUA EQUIPE, AS PESSOAS QUE ESTÃO POR TRÁS DA CAMPANHA... Eu me convenço mais, que a Candidata caiu na armadilha dos poderosos, e creiam: acompanho a campanha e já percebo que ela não é mais aquela pessoa serena e tranquila que era.
“Muita coisa viste, mas nada guardas, abriste os ouvidos e nada ouviste.” Isaias 42, 20 (realmente a palavra diz TUDO).


TEXTO - Renata Gomes de Almeida.

sábado, 29 de setembro de 2012

MORRE HEBE CAMARGO

Nos últimos dois anos, Hebe passou por várias cirurgias e tratamentos contra o câncer (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
Montagem sobre foto de Eduardo Knapp/Folhapress
 A apresentadora Hebe Camargo morreu em São Paulo, neste sábado 29 de setembro, aos 83 anos, vítima de parada cardíaca. Ela morreu ao deitar para dormir, nesta madrugada.
Hebe ficou internada pela última vez por quase duas semanas em agosto, no Hospital Albert Einstein, no Morumbi, para “tratamento de suporte nutricional e metabólico”, conforme boletim médico.

Contudo, nos últimos dois anos, Hebe passou por várias cirurgias e tratamentos contra o câncer. Em janeiro de 2010, a apresentadora ficou 12 dias internada para retirada de nódulos na região do peritônio e iniciou tratamento quimioterápico. Em 2011, fez novas sessões de quimioterapia preventivas. Em março de 2012, passou por uma cirurgia de emergência para retirar um tumor que causava obstrução intestinal, ficando 13 dias no hospital. Em junho, realizou uma nova cirurgia de emergência para retirada da vesícula. No mês de julho, segundo o sobrinho Claudio Pessutti, ficou internada por cinco dias para a realização de exames
.


Biografia
Nascida em Taubaté (SP), a 130 km da capital, Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani começou a carreira cantando. Entrou para a TV logo após a fundação da primeira emissora brasileira, a TV Tupi, onde ela fazia aparições nos programas como cantora.

Estreou como apresentadora em 1955, no programa “O mundo é das mulheres”, na TV Carioca, a primeira atração voltada especialmente para mulheres. Antes disso, havia substituído Ary Barroso no programa de calouros apresentado por ele.

Depois disso, a apresentadora ficou afastada da TV por um período, até que em 1966 estreou o dominical que levava seu nome na TV Record. A atração contava com o músico
Caçulinha e era líder de audiência. Foi responsável por dar espaço para novos talentos ligados à Jovem Guarda.

Para dedicar-se ao filho, Hebe ficou afastada da televisão por cerca de dez anos, quando voltou a aparecer na TV Bandeirantes. Em 1985, aceitou o convite do SBT para comandar uma atração na emissora. Em quatro de março de 1986, entrava no ar o “Programa Hebe”, comandado por ela até 2010. Em dezembro do mesmo ano, Hebe assinou contrato com a RedeTV e estreou na emissora em março de 2011, onde ficou até este mês, quando acertou retorno ao SBT.

Segundo a assessoria do SBT, ela estava muito feliz com a volta à emissora.
Posso até morrer daqui a pouco, que vou morrer feliz da vida"
Hebe Camargo, sobre o diagnóstico de câncer, em 2010
'Uma gracinha'
Em mais de 60 anos de história na televisão brasileira, a apresentadora tornou popular a expressão “gracinha”, usada para elogiar convidados. Outra marca registrada de Hebe era dar selinhos nos entrevistados que passavam por seu famoso sofá.

Famosa como apresentadora, ela não deixou de lado a carreira musical. Após lançar três discos entre 1959 e 1966, compilou suas canções mais conhecidas no CD “Maiores sucessos”, de 1995. Depois, lançou mais quatro discos. "Pra você" (1998), "Como é grande meu amor por você" (2001), "As mais gostosas da Hebe" (2007) e "Hebe mulher" (2010, ano em que participou do Grammy Latino).

O último álbum da carreira contou com participações de Daniel Boaventura e Roberto Carlos. Em todos os discos, o repertório foi abastecido por canções românticas.

'Morrer feliz da vida'
A apresentadora foi diagnosticada com câncer no peritônio, membrana que envolve os órgãos do aparelho digestivo, em janeiro de 2010. Em sua primeira gravação após 12 dias internada para a retirada de nódulos e para o início do tratamento quimioterápico, Hebe mostrou gratidão com fãs e celebridades que a apoiaram. “Posso até morrer daqui a pouco, que vou morrer feliz da vida”, comentou em março de 2010, ainda no SBT.

Na ocasião, Hebe subiu ao palco ao som de Ivete Sangalo, Ney Matogrosso, Leonardo e Maria Rita cantando juntos. “Vocês são a causa disso tudo. Me colocaram nesse pedestal que eu não mereço. É impossível encontrar palavras para descrever esse momento”, disse para a plateia. Depois, entoou “Ó nóis aqui traveis”, samba do grupo Demônios da Garoa.

Novas internações
Em setembro de 2011, Hebe iniciou um novo tratamento contra o câncer, com sessões de quimioterapia preventivas. "Não estou doente, apenas continuo me tratando pra poder ficar com vocês muito tempo ainda", disse. Por conta do retorno ao tratamento, ela havia voltado a perder cabelo e, consequentemente, a usar perucas.

"Evidentemente, todo remédio forte causa algum problema. O meu problema é que eu, de novo, fiquei carequinha. Eu não estou careca, mas quase. Então, evidentemente, estou de peruca", afirmou, em comunicado enviado à imprensa. Ela ainda brincou, referindo-se ao ator Reynaldo Gianecchini, que fazia um tratamento contra um câncer no sistema linfático. "Vou sair linda, igual ao Reynaldo Gianecchini”, disse.

Em março de 2012, foi submetida a uma cirurgia de emergência para a retirada de um tumor que causava obstrução intestinal. Muito bem humorada, ela deixou o hospital após 13 dias de internação. “Se vocês pensaram que eu ia embora, eu enganei vocês. Olha eu aqui outra vez”, brincou. Em junho deste ano, foi submetida a uma cirurgia de emergência para retirada da vesícula.


Fonte - G1

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

A RIQUEZA CONTRA A SIMPLICIDADE

Essa expressão popular exemplifica bem o que estamos vivenciando nesse momento em Orobó.

Ganhar a eleição já passou a muito tempo da  simples vontade de ajudar "O Progresso..." Agora é pura vaidade ou será que não era desde o início?).

A sede pelo poder e o orgulho de quem só está  acostumado a vencer, fazem determinados  cidadãos chegarem ao extermo; tudo em nome da vitória.

Vale lembrar que comprar voto é ilegal!  Juntamente com o golpe do título de eleitor.

Que consiste em anotar o número de inscrição, da seção, ou  até mesmo reter o título do eleitor, sob ameaças ou promessas.

Esses atos são crimes e podem ser denunciados.

É chegado o tempo de romper barreiras e exterminar essa prática criminosa !!!!!

Se não pela lei, pelo menos pelo voto.

Mostrar nas urnas que em Orobó ganha  eleição não quem tem o maior poder  econômico e sim quem possui humildade legítima, abraço sincero, boas propostas, e um aperto de mão forte e verdadeiro.


Texto: Maria Paula

PARCIAL DA ENQUETE PARA VEREADOR DE OROBÓ/PE

VEJAM OS 11 MAIS LEMBRADOS POR ORDEM ALFABÉTICA:

1°   ERISTON - 166 VOTOS (13%)

2°   LIA MÃE DE CHAPARRAL - 132 VOTOS (10%)

3°   BIU ABREU  - 115 VOTOS (9%)

4°   LÚCIO RAMOS - 106 VOTOS (8%)

5°   MANUEL MARIANO - 77 VOTOS (6%)

6°   DR. JORGE MARINHO - 63 VOTOS (5%)

7°   ZEZÉ JACA - 63 VOTOS (5%)

8°   EDUARDO DO CIMENTO - 59 VOTOS (4%)

9°   JOSIVAN DUARTE - 55 VOTOS (4%)

10° NAILDO - 47 VOTOS (3%)

11° JOÃO CIPRIANO - 44 VOTOS (3%)


LEMBRAMOS QUE ENQUETES NÃO VALEM COMO PESQUISAS, CONFORME A LEI - 9. 504/97.

OS RESULTADOS E VOTOS AQUI DEPOSITADOS, NÃO NECESSARIAMENTE PODERÃO OCORRER NAS URNAS NO DIA 07 DE OUTUBRO DE 2012.

DOMINGO DIA 30 TEREMOS FESTA EM OROBÓ

NESTE DOMINGO DIA 30 DE SETEMBRO TEREMOS A CARREATA OFICIAL DO 55 E APÓS A CARREATA IREMOS PARA MAIS UM GRANDIOSO COMÍCIO DA NAÇÃO 55 EM UMBURETAMA.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

ADOLESCENTE É MORTO EM COMÍCIO


Um adolescente foi morto e um homem ficou ferido na noite da quarta-feira 26 de setembro na cidade de Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba. De acordo com a Central de Operações da Polícia Militar (Copom), as vítimas participavam de um comício e foram atingidos por vários disparos após uma confusão no evento político. O suspeito do crime foi preso na manhã desta quinta-feira (27) em Campina Grande, no Agreste da Paraíba.

A Polícia Militar não soube informar o que teria motivado os disparos. Quatro tiros atingiram o adolescente de 16 anos que chegou a ser socorrido pelas pessoas que estavam no comício e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas já chegou ao local sem vida.

Um homem de 41 anos também foi baleado no braço. Ele foi levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde passa bem. A polícia informou que o jovem morto tinha envolvimento com crimes. O comício acontecia no Centro da cidade e o crime foi por volta das 22h.

Do G1 PB

CHAPARRAL É MAIORIA EM TODAS AS COMUNIDADES


 O comício de ÁGUA BRANCA, foi um verdadeiro show...
Milhares de pessoas invadiram a comunidade, realizando um dos maiores comícios de toda a história política de Orobó/PE.

Moradores da área falaram em tom de muita alegria e com um coração cheio de esperança, "Este comício de Água Branca foi o maior de todos inclusive, tendo por duas vezes um comício realizado antes pelo outro lado".

Assim falou um dos líderes da comunidade.

GRANDIOSO COMÍCIO DE CHAPARRAL EM ÁGUA BRANCA































APOSTADOR DE RECIFE LEVA O PRÊMIO DA MEGA-SENA

Um apostador de Recife/PE acertou as seis dezenas da Mega-Sena e vai levar sozinho o prêmio de R$ 8.826.040,59 do concurso 1.428, sorteado na noite nesta quarta-feira dia 26 de setembro em Mangaratiba (RJ).
Os números sorteados foram: 07 - 15 - 19 - 34 - 37 - 55.
Ao todo, 204 apostadores acertaram a quina e levarão a quantia de R$ 8.674,99. Outras 9.777 acertaram a quadra e devem levar R$ 258,58 cada um.
Segundo a Caixa Econômica Federal, o próximo sorteio, que será realizado no sábado (29), deve pagar prêmio de R$ 2 milhões.
A Mega-Sena realiza sorteios duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. As apostas devem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima seis números custa R$ 2.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

VEREADORES

A função dos vereadores é trabalhar para a  melhoria da qualidade de vida da população, elaborando "LEIS", recebendo o povo, atendendo  as reinvindicações e sendo o mediador entre  os habitantes e o Prefeito.

Quando o Prefeito e os vereadores trabalham  em harmonia, compartilhando os mesmos ideais,
os benefícios  para a população são mais  sólidos, com menos conflitos.

 Todos torcem e se esforçam para fazer dar certo.

No dia 7 de outubro, vote nos candidatos que apoiam Chaparral, para que juntos eles possam fazer
as mudanças que Orobó precisa, de forma concreta. 

Chega de vereadores legislando em causa  própria...
Voltados para seus próprios interesses.

Falando dos grande "feitos" em  favor do povo e das coisas que pretendem fazer mas  que tiveram oportunidade e não fizeram.

Vamos fazer uma limpeza geral, mudando  também de vereadores.

Vote nos candidatos do 55 e ajude Orobó a  mudar para melhor. 
Texto - Maria Paula

MOTOQUEIROS DO AGRESTE PERNABUCANO VISITARAM O JUAZEIRO DO NORTE


Dezenas de motoqueiros se deslocaram do agreste de Pernambuco até a  cidade do Juazeiro do Norte no Ceará, e ontem retornaram com muitas histórias para contar... 

Parabéns a todos os Romeiros motoqueiros da região.

Obs: tivemos vários motoqueiros de BOM JARDIM E OROBÓ.

COMANDO DE GREVE PEDE QUE BANCÁRIOS VOLTEM AO TRABALHO

Agência Orobó/PE.
   A greve dos bancários deve acabar hoje, após decisão de assembleias de 137 sindicados em todo o país. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf), Carlos Cordeiro, disse que a orientação do comando de greve é que os sindicatos aceitem a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), Banco do Brasil e Caixa.

A proposta prevê reajuste salarial de 7,5%, aumento de 8,5% do piso salarial e dos auxílios-refeição e alimentação. Determina também aumento de 10% para a parcela fixa da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

De acordo com Cordeiro, há propostas específicas da Caixa e do Banco do Brasil. No caso da Caixa, por exemplo, foi definida a contratação de mais 7 mil empregados, sendo que até 2014 serão cerca de 99 mil no país. E o BB vai assinar acordo de combate ao assédio moral no trabalho.

Segundo Cordeiro, a greve este ano teve maior força que em 2011. “No ano passado, foram 21 dias de greve e conseguimos aumento real de 1,5%. Hoje, estamos no nono dia e teremos aumento real de 2%. Foi uma greve mais forte do que no ano passado”, destacou.

MORADORES CONVIVENDO COM A FEDENTINA EM OROBÓ/PE.

Esgotos retornando

Uma fedentina infernal
 Moradores da Avenida Dom Gentil - PE - 088 na cidade Orobó, procuraram a redação deste BLOG para denunciar o descaso com a saúde pública de Orobó. Algumas pessoas da comunidade já procuraram a secretaria responsável pela obra e não tiveram respostas.

Alguns moradores mais próximos dizem, que não aguentam mais esta situação e irá procurar a promotoria pública para ver se o caso será resolvido.

E vejam que é só uma caixa coletora que está cheia e retornando os degetos, e que é um caso fácil de se resolver. 

Com a palavra a secretaria de Obras de Orobó.

25 DE SETEMBRO - DIA DO RÁDIO

PESQUISADORES ANUNCIAM A EXTINÇÃO INESXORÁVEL DO RIO SÃO FRANCISCO

Edinho Soares nas Águas do Velho Chico

RIO - É equivalente a dar oito voltas na Terra - ou a andar 344 mil quilômetros - a distância percorrida por pesquisadores durante 212 expedições ao longo e no entorno do Rio São Francisco, entre julho de 2008 e abril de 2012. O trabalho mapeia a flora do entorno do Velho Chico enquanto ocorrem as obras de transposição de suas águas, que deverão trazer profundas mudanças na paisagem. Mais do que fazer relatórios exigidos pelos órgãos ambientais que licenciam a obra, o professor José Alves Siqueira, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, Pernambuco, reuniu cem especialistas e publicou o livro "Flora das caatingas do Rio São Francisco: história natural e conservação" (Andrea Jakobsson Estúdio). A obra foi lançada em Recife este mês.
Em 556 páginas e quase três quilos de textos, mapas e muitas fotos, a publicação é o mais completo retrato da Caatinga, único bioma exclusivo do Brasil e extremamente ameaçado. O título do primeiro dos 13 capítulos, assinado por Siqueira, é um alerta: "A extinção inexorável do Rio São Francisco".
- Mostro os elementos de fauna e da flora que já foram perdidos. É como uma bicicleta sem corrente, como anda? E se ela estiver sem pneu? E se na roda estiver faltando um raio, e quando a quantidade de raios perdidos é tão grande que inviabiliza a bicicleta? Não sobrou nada no Rio São Francisco. Sinceramente, não sei o que vai acontecer comigo depois do livro, mas precisava dizer isso - desabafa o professor da Univasf. - Queremos que o livro sirva como um marco teórico para as próximas décadas. Vou provar daqui a dez anos o que está acontecendo.
Ao registrar o estado atual do Rio São Francisco, o pesquisador estabelece pontos de comparação para uma nova pesquisa, a ser feita no futuro, medindo os impactos dos usos do rio. Além do desvio das águas, há intenso uso para o abastecimento humano, agricultura, criação de animais, recreação, indústrias e muitos outros. Desaguam no Velho Chico milhares de litros de esgoto sem qualquer tratamento. Barramentos - sendo pelo menos cinco de grande porte em Três Marias, Sobradinho, Itaparica, Paulo Afonso e Xingó - criam reservatórios para usinas hidrelétricas. Elas produzem 15% da energia brasileira, mas têm grande impacto. Alteraram o fluxo de peixes do rio e a qualidade das águas, acabaram com lagoas temporárias e deixaram debaixo d'água cidades ou povoados inteiros, como Remanso, Casa Nova, Sento Sé, Pilão Arcado e Sobradinho.
Com o fim da piracema, uma vez que os peixes não conseguiam mais subir o rio para se reproduzir, o declínio do número de cardumes e da variedade de espécies foi intenso. Entre as mais afetadas, as chamadas espécies migradoras, entre elas curimatá-pacu, curimatá-pioa, dourado, matrinxã, piau-verdadeiro, pirá e surubim.
Não foram as barragens as únicas culpadas pelo esgotamento de estoques pesqueiros do Velho Chico. Programas de incentivo da pesca, que não levaram em consideração a capacidade de recuperação dos cardumes, aceleraram a derrocada da atividade. Espécies exóticas, introduzidas no rio com o objetivo de aumentar sua produtividade, entre elas o bagre-africano, a carpa e o tucunaré, se tornaram verdadeiras pragas, sem oferecer lucro aos pescadores.
A região do São Francisco, que já foi considerado um dos rios mais abundantes em relação a pescado no país, precisa lidar com a importação em larga escala de peixes, sobretudo os amazônicos, para suprir o que não consegue mais fornecer. Uma das espécies mais comercializadas na Praça do Peixe, a 700 metros do rio, é o cachara (surubim) do Maranhão ou do Pará. Nos restaurantes instalados nas margens do Rio São Francisco, o cardápio oferece tilápias cultivadas ou tambaquis importados da Argentina.
A mudança provocada pelo homem tanto nas águas do Velho Chico quanto na vegetação que o circunda foi drástica e rápida. Tendo como base documentos históricos disponíveis, entre eles ilustrações de expedições de naturalistas importantes, como as do alemão Carl Friedrich Philipp von Martius, é possível ver a exuberância do passado. Um desenho feito há 195 anos mostra os especialistas da época deslumbrados com árvores de grande porte, lagoas temporárias, pássaros em abundância. Ou seja, uma enorme biodiversidade, que hoje não existe mais.
Menos de dois séculos depois, restam apenas 4% da vegetação das margens do Rio São Francisco. Desprovidas de cobertura verde, elas sofrem mais com a erosão, que assoreia o rio em ritmo acelerado. Os solos apresentam altos índices de salinização e os açudes ficam com a água salobra. Aumentam as áreas de desertificação. O Velho Chico está praticamente inviável como como hidrovia. Espécies foram extintas e ecossistemas estão profundamente alterados.
Diante da expectativa da "extinção inexorável do Rio São Francisco", o livro ressalta a importância de gerar conhecimento científico. Não apenas os pesquisadores precisam se debruçar mais sobre o bioma como também o senso comum criado sobre a Caatinga a empobrece. Por isso o título do livro optou por "Caatingas", no plural, chamando a atenção para sua enorme diversidade.
- O processo que levará ao fim do Rio São Francisco não começou hoje. Basta olhar a ilustração para ver o que aconteceu em tão pouco tempo, menos de 200 anos. A imagem nos mostra um bioma surpreendente: o tamanho das árvores, a diversidade de animais, a exuberância - ressalta Siqueira. -Observamos que ocorre um efeito em cascata. Tanto que, se algo não for feito agora, de forma veemente, o impacto do aquecimento global na Caatinga, que é o local mais ameaçado pelas mudanças climáticas, será dramático.
Exclusividade do Brasil
Difundir o conhecimento gerado durante as expedições é um dos principais legados da publicação. Ainda mais porque trata-se de uma temática brasileiríssima. Aproveitando o jargão ambientalista, que chama de endêmica a espécie que só existe numa determinada região, José Alves Siqueira diz que a Caatinga e o Rio São Francisco são dois endemismos brasileiros. O bioma só ocorre no Brasil, assim como o Velho Chico, que é o único corpo hídrico de grande porte que nasce e deságua em território nacional. Além disso, entre as 1.031 espécies coletadas - a partir de 5.751 amostras -, 136 (13,2%) são restritas à Caatinga. Além disso, 25 espécies cuja ocorrência não era conhecida no Nordeste foram encontradas. Situação semelhante ocorreu com 164 plantas, nunca antes observadas na Caatinga. Mas a cereja do bolo é uma nova espécie coletada por pesquisadores, que ainda estão trabalhando com as informações obtidas em campo para publicar, até o final do ano, a descrição da planta em uma revista especializada.
- A espécie mais próxima desta é do Charco, na Argentina e Paraguai. Isso mostra uma relação entre Caatinga com aquele bioma, são ecossistemas incríveis - ressalta Siqueira. - Este é um dos resultados fabulosos do trabalho, mostra mais uma vez que a Caatinga não é pobre, homogênea nem o patinho feio dos biomas.
No último capítulo, "A flora das Caatingas", assinado por 78 especialistas de 40 instituições, diversas universidades, entre elas UFRJ e USP, jardins botânicos, Embrapa e até o Museu de História Natural de Viena, detalha métodos de pesquisa e apresenta uma lista florística com as 1.031 espécies. Também é possível ver informações na internet, na página www.hvasf.univasf.edu.br/livro.
Os pesquisadores ressaltam, ainda, que ainda há muito para se descobrir sobre a flora das Caatingas. As plantas desenvolvem mecanismos de adaptação que são ignoradas pela ciência. Sendo assim, os autores do livro destacam que são necessários esforço e dedicação para que o estágio do diagnóstico da diversidade biológica seja superado pelos estudos voltados para as práticas de conservação. Nesta direção, a Univasf criou o Centro de Referência para a Restauração de Áreas Degradadas.
Recuperar a Caatinga é uma tarefa árdua, requer conhecimento científico específico. Isso reforça a importância de manter áreas nobres ainda intocadas. A equação é simples: é muito mais fácil e barato manter a floresta em pé do que tentar reflorestar uma região degradada. Por outro lado, sem o rigor acadêmico, empresas que são obrigadas a replantar em determinadas áreas acabam fazendo as escolhas erradas, como colocar grama de crescimento rápido e impacto visual, mas inadequada para o meio ambiente.
Formatar um conhecimento consolidado de como recuperar a Caatinga deverá ser um trabalho para pesquisadores durante os próximos 30 anos. Um capítulo inteiro é dedicado ao assunto: "Restauração ecológica da Caatinga: desafios e oportunidades", assinado por Felipe Pimentel Lopes de Melo, do Departamento de Botânica da Universidade Federal de Pernambuco; Fabiana de Arantes Basso, do Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas da Caatinga, da Univasf; e Siqueira. Os autores expressam a urgência de melhorar a relação do homem com o meio ambiente. É fundamental superar a tensão entre a conservação dos recursos naturais com a crescente demanda por matéria-prima, como lenha, carvão, água e energia. Em geral, as soluções imediatistas e sem planejamento trazem enormes prejuízos econômicos, sociais e ambientais: os três pilares da sustentabilidade.
O livro também pode ser lido como uma exaltação ao bioma, incluindo a chamada cultura 'caatingueira' e a alma sertaneja, que não são deixadas de fora da edição. No segundo capítulo, ("Viajantes naturalistas no Rio São Francisco"), considerado pelo organizador do livro como o mais poético, Lorelai Brilhante Kury, especialista da Fundação Oswaldo Cruz e da Uerj, faz um resgate histórico e cultural das transformações ambientais.
As agressões ao Velho Chico são históricas. O rio serviu com via de ocupação da região. Ricos e pobres usam os recursos naturais como se fossem infinitos. Entre Petrolina e Juazeiro, casas que valem cerca de R$ 500 mil contam com equipamentos sofisticados, segurança de primeiro padrão e móveis caríssimos, mas a estrutura sanitária é arcaica, contamina o lençol freático e o rio. Lanchas e motos náuticas geram ruído e afugentam peixes. Quase não se vê reaproveitamento de água ou o uso de fontes energéticas renováveis.
- A principal contribuição do livro é chamar a atenção para a Caatinga. É o único bioma exclusivo do Brasil, porém o menos conhecido. Seu personagem mais famoso é o Rio São Francisco, que serviu de mote para o estudo de conservação da Caatinga - frisa Felipe Melo, professor de ecologia da Universidade Federal de Pernambuco e um dos pesquisadores envolvidos na coleta de informações que constam do livro.
Mais do que apontar problemas, os pesquisadores defendem a adoção de práticas sustentáveis. No final de cada capítulo, eles apresentam medidas que poderiam mitigar impactos social, ambiental e também econômico. Além disso, há preocupação com a difusão das informações geradas. O Jardim Botânico do Rio de Janeiro, por exemplo, também recebe parte do material coletado pelos cientistas. A instituição carioca poderá montar uma estufa dedicada às plantas da Caatinga.
- É um desafio para a sociedade garantir desenvolvimento econômico com sustentabilidade. Vamos fazer outra Sobradinho? Não. As cidades que ficaram debaixo d'água por causa dos represamentos do Rio São Francisco perderam histórias, vidas, sítios arqueológicos inteiros - argumenta José Alves Siqueira. - Em síntese, posso dizer que o caminho a ser seguido para viabilidade do São Francisco como modelo de desenvolvimento para outras regiões é a base científica sólida. Investir em recursos humanos, aporte de recursos financeiros para ciência, tecnologia e educação básica.
Os diagnósticos apresentados no livro, porém, têm prazo de validade. Os autores afirmam que são necessárias intervenções imediatas pra tentar mudar em escala regional o cenário de degradação. Além disso, sobram críticas em relação às discussões que envolvem o novo código florestal. O organizador do livro sustenta que já há conhecimento científico sólido em relação à necessidade mínima de 30 metros de vegetação nas margens dos rios para a proteção da qualidade da água, estabilização de encostas e prevenção a enchentes.
Dinheiro não falta. Pelo contrário. Só as obras de transposição de águas, originariamente orçadas em R$ 4,5 bilhões, deverão consumir cerca de R$ 10 bilhões. São recursos federais que prometem melhorar a qualidade de vida na região. Não é o primeiro grande investimento público da Caatinga. Porém, analisando a história, pesquisadores não encontraram relação direta entre o gasto e o bem-estar para a população.
Para quebrar a ideia de que o setor público não consegue fazer trabalhos de qualidade, os pesquisadores se esforçam para multiplicar o legado dos programas ambientais, previstos nos investimentos que mudarão o curso de parte das águas do Rio São Francisco.
Desde 2008, quando o dinheiro começou a ser repassado para a universidade, foram criados o Centro de Referência da Caatinga e novos laboratórios. A equipe conta com dez picapes com tração nas quatro rodas para percorrer a região durante o monitoramento da vegetação.
O trabalho de formação de alunos se volta para o bioma local. Por exemplo, havia uma dificuldade em achar veterinários que conhecessem os animais do bioma, como o veado catingueiro. Até então, grande parte dos alunos da universidade só entendia de cachorro e de gato.
- A obra (de transposição da água do Rio São Francisco) acaba nos proporcionando os meios para uma formação mais qualificada dentro da universidade. A demanda é grande, falta gente especializada para trabalhar para nossa equipe. Contratamos pessoas do Brasil inteiro - diz Siqueira. - A chave é procurar entender as especificidades do bioma Caatinga, que, muitas vezes, chega a passar dez meses na seca. Precisamos entender as adaptações da fauna e flora, assim como a cultura.

 

FIFA VÊ PROGRESSO, MAIS AINDA NÃO CONFIRMA RECIFE NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES


 
  Apesar de considerar a apresentação sobre as obras de Recife positiva, o comitê da Fifa responsável pela Copa do Mundo-2014 no Brasil informou que vai guardar até novembro para confirmar a cidade como uma das sedes da Copa das Confederações-2013, evento teste da entidade.

Um relatório sobre as obras em Recife foi apresentada à Fifa nesta quarta-feira pelo COL (Comitê Organizador Local da Copa-2014), em Zurique, na Suíça. O presidente da CBF, José Maria Marin, estava presente no encontro.
A capital pernambucana, inclusive, será alvo de uma inspeção técnica da entidade em outubro para averiguar se realmente tem condições de receber o torneio.
A Fifa ainda teme anunciar as seis cidades, com tabela definida, e ter que mudar posteriormente, mas a garantia de que o estádio estará de pé vai fazer com que Recife seja confirmada. Além da capital pernambucana, outras cidades que receberão o torneio em 2013 são: Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza, Belo Horizonte e Salvador.
O prazo para estarem todos prontos é março do ano que vem.
De acordo com a apresentação do COL (Comitê Organizador Local), Recife está com mais de 60% do estádio finalizado. O ritmo mensal das obras aumentou em 6% para concluir o trabalho no prazo estipulado pela Fifa.
"O Comitê está otimista com relação a inclusão de Recife. O avanço é grande", disse Ricardo Trade, Ricardo Trade, diretor operacional do COL.
O COL também apresentou à Fifa um relatório sobre o andamento das obras nos demais estádios da Copa-2014. Na avaliação da entidade, não há nenhuma arena em situação crítica, inclusive Natal, que estava com as obras atrasadas. 

Fonte -  Marcel Rizzo

terça-feira, 25 de setembro de 2012

DOMINGO DIA 30 DE SETEMBRO SERÁ REALIZADO A MAIOR CARREATA DA HISTÓRIA DE OROBÓ/PE.

AMANHÃ A COMUNIDADE DE ÁGUA BRANCA IRÁ RECEBER A NAÇÃO 55


LANÇAMENTO DO NOVO SITE DA LOJA ESCOTEIRA NACIONAL


LANÇAMENTO DO NOVO SITE DA LOJA ESCOTEIRA NACIONAL


AOS MEUS AMIGOS DA REGIÃO ESCOTEIRA DE PERNAMBUCO.


HOJE POSSO DIZER PARA TODOS QUE HOJE MIM SINTO UM HOMEM REALIZADO...A DIREÇÃO NACIONAL VEM DANDO MAIOR CRÉDITO AOS NOSSOS PROJETOS QUE PARA NÓS, JÁ SÃO ANTIGOS.EM 2011 LANCEI A NÍVEL NACIONAL A SCOUTSSHOP UMA LOJA QUE TODOS NÃO ACREDITAVAM..CHAMARAM ATÉ DE LOUCO....HOJE OBSERVAMOS QUE TUDO QUE FIZEMOS PARA A JUVENTUDE NÃO FOI EM VÃO... FICO ORGULHOSO EM DIZER QUE NOSSAS ATITUDES FORAM COPIADAS... POR QUE MOSTRAMOS QUE NÓS PERNAMBUCANOS SOMOS BONS EM TUDO EM QUE FAZEMOS... ISSO É A PROVA DO RECONHECIMENTO A NÍVEL NACIONAL...
TEREMOS UMA LOJA NACIONAL VIRTUAL ONDE TODOS PODEM FAZER SUAS COMPRAS NO MESMO MODELO DA SCOUTSHOP... MESMO SISTEMA E DIRETO COM O SISTEMA DE LOGÍSTICA.

NÃO PENSEM QUE A NOSSA LOJINHA COMO MUITOS FALARAM VAI PARAR... PELO CONTRÁRIO SEGUIREMOS NOSSO RUMO AO BUREAU MUNDIAL... AHHHAHHH... MUITOS DEVEM ATÉ RIR NESTE MOMENTO... MAIS NÓS CABRA DA PESTE... TEM CACIFE PRA ISSO... DUVIDAM...É SÓ ESPERAR....(desculpem pelo palavra peste, por se tratar de uma palavra regional).

O QUE DEVEMOS FAZER AGORA É COMEMORAR A CHEGADA DA LOJA ESCOTEIRA NACIONAL.

O SUCESSO NÃO OCORRE POR ACASO... AGRADEÇO A DEUS E MINHA FAMÍLIA QUE PASSARAM HORAS COPIANDO FIGURAS,TEXTOS,PALAVRAS PARA SAIR UMA GRANDE LOJA.

HOJE POSSO BATER NO PEITO E DIZER NÃO PRECISO MAS DE NADA... PORQUE FIZ MEUS 1% FALTA AINDA 99% COMO VOLUNTÁRIO... ISSO É SERVIR.

O SEMPRE ALERTA NEWS TRABALHA HOJE DIRETO DIARIAMENTE COM A NACIONAL ONDE ELES PEDEM TAMBÉM MATÉRIAS PARA DIVULGAR... O CRESCIMENTO DO ESCOTISMO DEPENDE DE APENAS UMA PALAVRA UNIÃO... PARA TODOS CONSEGUIREM O SUCESSO.

PARABÉNS A NÓS ESCOTEIROS PERNAMBUCANOS TEMOS MUITO AINDA O QUE MOSTRAR NO XIX CONGRESSO ESCOTEIRO NACIONAL.

BRASIL BATE RECORDE DE INSCRIÇÃO DE VOLUNTÁRIOS PARA A COPA - 2014

 2014
A Fifa anunciou nesta segunda-feira que o programa de voluntários na Copa do Mundo de 2014 teve recorde de inscritos.
 
Mais de 130 mil pessoas se alistaram no site da entidade, que vai escolher 7.000 delas para trabalharem na Copa das Confederações, e 15 mil para a Copa do Mundo. 

O número de inscritos foi muito maior que o das duas Copas anteriores. Na Alemanha-2006 foram 48 mil, e na África do Sul-201, 70 mil.
Ainda de acordo com a Fifa, a maior parte dos inscritos é de São Paulo, com 33.208. 

Depois aparecem Rio (18.763), Minas Gerais (13.247), Distrito Federal (8.496) e Bahia (8.228). Do exterior, a Colômbia tem mais candidatos (908), seguida de Argentina (509), Espanha (504) e México (500). 

PASSEM ADIANTE

 cid:3B30D054892049E2908C7362AF2FF70D@Katy
ELA É A FILHA DO ENGENHEIRO JULIO 
CESAR FLORES BORRAZ, POR FAVOR DIVULGUEM, NÃO TE CUSTA QUASE NADA!!! OBRIGADO. Repassem a foto a todo o mundo, nunca se sabe...
Por favor, olhem a foto, leiam a mensagem de uma mãe desesperada e passem a foto para seus contatos

Minha filha tem 13 anos, Ashley Flores, está desaparecida desde duas semanas. Pode acontecer que se todos passarem esta mensagem, alguma pessoa reconhecerá ela. Pessoas descobriram este método. Internet circula no mundo inteiro... por favor, passa esta mensagem a todos seus contatos. Graças a tudo isso pode-se achar minha menina.
Eu peço a todos, eu imploro a todos, por favor passe esta imagem a todas as possíveis pessoas. Ainda não é tarde por favor, me AJUDE. Sim se você tiver informação, contata-se com:
HelpfindAshleyFlores@yahoo.com só precisa de 2 minutos necessários para fazer circular esta mensagem. Se fosse seu filho você faria até coisa impossível para obter ajuda.

Deus premiará a tua bondade!